Curso Certo

Guia de Profissões Meteorologia

Voltar   Imprimir

Sobre a profissão

A meteorologia é a ciência que estuda os fenômenos atmosféricos da terra. O meteorologista conhece a dinâmica dos ventos, das massas de ar, das chuvas. Ele compreende o comportamento do clima atmosférico.

A profissão não é nova, mas está no seu melhor momento, principalmente com os atuais recursos tecnológicos, que auxiliam o profissional na previsão mais precisa dos fenômenos do tempo. Compreender a dinâmica do clima é de suma importância para o desenvolvimento da agricultura, para a segurança das pessoas em área de risco, para o planejamento de obras e traslados das pessoas.

O comportamento do clima também diz muito a respeito das condições do meio ambiente. O acompanhamento das temperaturas, das chuvas, das estações do ano, da qualidade do ar, nos ensina a interagir com a natureza, minimizando o impacto ambiental e melhorando nossa qualidade de vida.

Faz parte das atribuições do meteorologista interpretar dados, gráficos, imagens e mapas enviados pelos satélites de observação, traçando previsões para o clima e apontando fenômenos importantes para nossa existência.

Tipos de Curso

a) Nível superior – Bacharelado: Média de duração de 4 anos. O curso habilita o profissional para o trabalho com a meteorologia, as disciplinas básicas dos dois primeiros anos são de cálculos, física e matemática. A partir do segundo ano o aluno passa a conhecer as disciplinas específicas como meteorologia física, micrometeorologia, agrometeorologia, climatologia e sensoriamento remoto. A informática aplicada também é estudada com muita atividade em laboratório, estudando radares e dados de satélite.

b) Nível superior – Licenciatura: Média de duração 4 anos. Não existem cursos específicos de meteorologia, mas os cursos de Ciências Naturais e Geociências têm disciplinas específicas em meteorologia para licenciatura.

c) Nível médio – Curso técnico: Média de duração de 2 anos. O curso prepara o profissional para desenvolver as principais atividades envolvidas no processo de monitoramento das condições meteorológicas. O Aluno aprende leitura técnica de dados, codificação e decodificação, plotagem, manutenção preventiva de equipamentos e instrumental de trabalho, manejo de estações meteorológica.

d) Cursos Livres: Existem vários tipos de cursos livres que complementam a formação dos profissionais ou podem formar auxiliares de trabalho.

Mercado de Trabalho

A meteorologia é essencial para a agricultura e boa parte da balança comercial brasileira depende do bom desempenho das plantações, que por sua vez dependem de planejamento para o plantio e colheita, necessitando de ótimos serviços de previsão meteorológica das estações de medição, abrindo amplo mercado de trabalho para os meteorologistas, principalmente porque existem poucos profissionais na área.

Além do trabalho nessas estações, o profissional pode também seguir a carreira acadêmica, desenvolvendo pesquisas em universidades e institutos especializados ou então dando aula.

Outra boa frente de trabalho tem surgido nas empresas privadas de prestação de serviços meteorológicos, cada vez mais presentes no planejamento do transporte aéreo e rodoviário de cargas e pessoas.

Ofertas de Emprego

Trabalhando com previsão de tempo, interpretação de dados e imagens dos satélites e radares meteorológicos, esse profissional encontra vagas de emprego tanto nos órgãos públicos, como ministérios, secretarias de agricultura e meio ambiente e institutos de pesquisa, como em empresas privadas como a Climatempo e a Somar meteorologia.

Na Infraero, o profissional pode encontrar colocação no Serviço de Meteorologia, que orienta a movimentação nos aeroportos nacionais. Centros de estudo como Cepetec (Centro de Previsão do Tempo e Estudos), a Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental, o Inpe (Instituo Nacional de Pesquisas Espaciais) e o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) também absorvem boa parte dos jovens formados.

Faixa Salarial

Oscila conforme a região de atuação e o tipo de empresa empregadora, em geral fica na média de R$ 2000,00.

Testemunhal do Aluno

"Amo meteorologia! Desde criança as nuvens me fascinavam, sempre fui muito curiosa quanto a todas as coisas, procurando descobrir como e porque aconteciam."

"Também amo meteorologia, porque estamos mergulhados nessa ciência fascinante.
Eu faço curso técnico em meteorologia no CEFET/RJ e quando terminá-lo eu vou fazer vestibular pra UFRJ e me tornar uma graduada em meteorologia."


Daniele e Marcella – Comunidade Eu Amo Meteorologia - Orkut

"Calculo, calculo, calculo.... mais física, física, física... e tempera isso com computação, estatística, aplica isso tudo à atmosfera e se tem a Meteorologia. Não tem escapatória!!!... A Meteorologia é assim mesmo... Quanto a UFSM, o curso é novo, assim há que se dar um desconto para falta de infra-estrutura. Na USP (onde estudei e o curso é bem mais antigo) sei que os recursos para estudar são muito bons (biblioteca, computadores, laboratórios, etc...)."

Marco Jusevicius. Comunidade "Meteorologia Brasil" – Orkut.


Voltar   Imprimir

Copyright Guia Nacional de Cursos - todos os direitos reservados - 2007

by vm2